Portal do Governo Brasileiro

DRAGAGEM DO PORTO DE SANTOS
ECONOMIA, SUSTENTABILIDADE E EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMAS::

Ações da SPA promovem fortalecimento comunitário no entorno do Porto de Santos

 A Santos Port Authority (SPA) promove o Programa de Educação Ambiental (PEA), uma das condicionantes do licenciamento ambiental do Porto de Santos, processo conduzido pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

O programa teve início em 2010 com a realização de um Diagnóstico Socioambiental Participativo (DSP) que identificou os conflitos socioambientais, desafios e potencialidades de oito comunidades alvo: Monte Cabrão, Ilha Diana (ambas no município de Santos), Santa Cruz dos Navegantes, Praia do Góes, Rio do Meio, Perequê, Sítio Conceiçãozinha e Sítio Cachoeira (município de Guarujá).

Considerando os resultados do DSP, a partir de 2014 foram construídos, de forma participativa, projetos em Santa Cruz dos Navegantes, Perequê e Rio do Meio. Na primeira, foi implementada a “Rede Social Colaborativa de Santa Cruz dos Navegantes”, que consistiu na articulação e fortalecimento de projetos, empreendimentos e iniciativas locais por meio de capacitações e ações, como as feiras de economia solidária.

Na comunidade do Perequê foi construído o Plano Comunitário de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos para o bairro e realizado o Curso de Web Rádio, como ferramenta de educação ambiental. A partir desse processo, foi estruturada uma sala de educação ambiental na Escola Estadual Pastor Jaconias Leite da Silva, um espaço físico de referência para a realização dos programas da Web Rádio (rádio online), encontros, palestras, oficinas e outras atividades de educação ambiental. Outra atividade foi a 1ª edição do Festival de Sustentabilidade, com atividades voltadas à compostagem, captação de água de chuva, construção de horta orgânica e outras.

No Rio do Meio, o PEA tem o objetivo de contribuir para a construção da organização e fortalecimento comunitários e capacitar os moradores para a geração de alternativas de trabalho e renda. Nesse sentido, o programa viabilizou junto à comunidade ações como o planejamento e realização do “Encontro de Mulheres no Rio do Meio”, realização dos cursos de Camareiras, Cartonagem, Operações de Terra e Bordo com Celulose e de Vistoriador de Contêineres:

·         O curso de Camareiras qualificou suas participantes para a atuação em hotéis e similares na organização e limpeza de espaços como dormitórios e banheiros;

·         O curso de Cartonagem qualificou para a produção de peças artesanais, tais como porta-joias, caixas de decoração etc., a partir da técnica de cartonagem. Nessa capacitação as alunas receberam um kit de materiais para seguirem produzindo suas peças após o término do curso;

·         No curso de Vistoriador de Contêineres, os alunos aprenderam os procedimentos operacionais para a inspeção física de contêineres.

As capacitações, além de qualificação profissional, contribuem para o fortalecimento comunitário.  A partir do fortalecimento pessoal, resultante desse processo, espera-se que haja o engajamento em ações para a conquista de melhorias nas comunidades.

Publicado por: SPA